Body infantil: dicas para você escolher o melhor body para seu filho

O body do bebê é o queridinho da mamãe e do papai, esse tipo de modelo é absolutamente indispensável no guarda-roupa infantil! Isso porque além de fácil de usar, esse tipo de roupa também é muito confortável para as crianças, o que traz praticidade ao dia a dia da família. Porém, para que a carroceria do carro realmente traga esses benefícios, é preciso ter cuidado ao escolher os componentes!

Isso porque, embora os bodys de bebês sejam conhecidos por suas vantagens, nem todos os modelos possuem essas facilidades. Alguns podem não ser tão práticos e podem até irritar a pele do seu filho.

Mas como saber qual de tantos modelos é a melhor escolha? Isso é o que veremos neste artigo. Confira as dicas e evite cometer erros na hora de escolher o body de uma criança!

Escolha um body com boa abertura na gola

Quem já usou roupas de recém-nascidos sabe que seus corpos são muito macios e suas cabeças ainda não são fortes. Portanto, muitos pais, especialmente as mães pela primeira vez, não estão seguros ao vestir seus bebês porque têm medo de machucá-los. É justo se preocupar, mas com a roupa certa o processo fica muito mais fácil!

Nesse sentido, é necessário dar atenção especial ao tipo de colarinho do assunto. Os produtos mais adequados são aqueles com orifícios bem abertos, seja porque são naturais, seja porque voltam ao formato original.

Quando há muito vazamento na fralda, isso ajuda a passar as roupas pela cabeça do bebê e também facilita colocá-las nas rodas, pois nesses casos é melhor tirar a roupa de cima para baixo para evitar que mais sujeira.

Portanto, é preferível escolher peças facilmente extensíveis (como as peças de algodão), que tenham botões de pressão na lateral da gola, ou ainda a chamada gola americana, este modelo pode ser bem aberto e restaurado ao seu formato original. Depois de se vestir.

Evite colarinhos apertados, pois além de não usá-los de fato, podem causar desconforto ao bebê, pois podem apertar o pescoço. Essa técnica também pode ser aplicada a outros itens, como roupas de trabalho, que é outro curinga no guarda-roupa infantil.

Preste atenção nos botões

Além de observar o formato do colarinho, outra forma de garantir a praticidade na troca é avaliar a forma do body fechado do bebê. O modelo mais prático é aquele com botão de pressão na parte de baixo da roupa, pois não é preciso tirar toda a roupa na hora da troca.

Dessa forma, o peito do bebê não ficará exposto durante a troca, o que é mais confortável e saudável para ele, principalmente no frio. Além disso, os botões na parte inferior oferecem mais flexibilidade e praticidade para quem tem crianças. Basta desabotoar o botão, trocar a fralda e fechar o botão rapidamente!

Vale lembrar que também existem bodys para bebês com selo no verso. Embora sejam fofos, não são muito práticos porque é necessário levantar o dorso do anão para poder abotoar e desabotoar a roupa, e tirar toda a roupa na hora de trocar.

Além disso, este vestido pode ser desconfortável por outro motivo: como os recém-nascidos passam a maior parte do tempo na cama, os botões das costas do vestido podem machucar ou irritar o bebê. Portanto, é melhor evitar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Post